Obesos sofrem discriminação no Brasil, diz pesquisa


Uma nova pesquisa da Federação Mundial da Obesidade (World Obesity Federation) revela que quatro em cinco adultos no Brasil acreditam que pessoas obesas são vistas de forma negativa por causa do excesso de peso e 85% dos brasileiros acreditam que as pessoas obesas são provavelmente discriminadas. E pasme: essa forma de discriminação é mais forte do que outras, como a de gênero (73%) e de identidade étnica (69%).

Estigma e Discriminação em todos os aspectos

A pesquisa ainda mostra que três em cinco brasileiros adultos que convivem com a obesidade se sentiram criticados por causa do excesso de peso em lojas de roupas ou em situações sociais e, de forma preocupante, cerca da metade se sentiram criticados em instituições de saúde (51%) e academias de ginástica (46%). Na internet , mais de uma em quatro pessoas obesas se sentiram julgadas online por causa de seus pesos.
 
Este preconceito pode prejudicar a carreira das pessoas
Ainda segundo a pesquisa, mais de um em cinco brasileiros admitem que, entre dois candidatos igualmente qualificados para um emprego, eles escolheriam um com peso saudável, em detrimento do candidato com excesso de peso.
 
Saúde Mental e Física prejudicada
 
O descrédito também traz consequências para a saúde física e mental. Afinal, nas pesquisa também foi descoberto que pessoas obesas evitam buscar tratamento médico e tendem a viver isoladas, muitas vezes tendo vergonha ou medo, além de muita desinformação. E não precisava nem de pesquisa para chegar a esta conclusão, diariamente recebo pacientes no consultório e as histórias se repetem.
 
Será que está na hora de fazer uma cirurgia bariátrica?

Ao longos dos anos, os requisitos para fazer uma cirurgia bariátrica mudaram muito. De acordo com dados do Conselho Federal de Medicina (CFM), recomenda-se a cirurgia para:

- Pessoa com obesidade mórbida, IMC igual ou maior que 40
- Pessoa com IMC maior ou igual a 35, associado a pelo menos uma das 21 comorbidades. (Veja a lista abaixo)
- Pessoa com  mais de cinco anos de obesidade.
- Doenças associadas.
- Dois anos de tratamento clínico sem sucesso.

Se você precisa de tratamento ou está em dúvida,  me procure. Marque uma consulta e vamos conversar!
Não deixe que a obesidade atrapalhe sua vida. 
Obesidade é doença e tem tratamento.
Esperando o seu contato!
Aproveite que está no site e leia outros posts interessantes sobre obesidade e cirurgia bariátrica.