Cuidados com a alimentação após a cirurgia bariátrica

Após passar pela cirurgia, o paciente precisa ainda estar atento a uma série de cuidados para uma melhor recuperação do organismo. Até cerca de 18 meses após o procedimento cirúrgico, o organismo do paciente estará se adaptando. Todo esse processo pode propiciar a perda mínima esperada de 60% do excesso de peso, chegando até 100% do mesmo.

O primeiro mês após a cirurgia bariátrica é o mais crítico, pois o pós-operatório requer seguir uma alimentação bem limitada, mas necessária para uma adequada nutrição e para evitar alguma complicação cirúrgica. Todo esse cardápio é orientado pela nutricionista da equipe que acompanha em parceria com o cirurgião esse início de alimentação.

 
Passados os 15 dias iniciais, ocorrerá a evolução da dieta para alimentos pastosos sob rigoroso acompanhamento médico-nutricional. Nessa fase, poderá acontecer engasgos e, às vezes, refluxo. Por isso, é fundamental o acompanhamento profissional para prevenir possíveis complicações. 

A evolução da dieta da consistência pastosa para sólida acontece, apenas após 30 dias da realização da cirurgia. Lembrando que os alimentos sólidos devem ser ingeridos bem picados, ainda semi-pastosos e o mais importante, não se deve exceder a porção orientada, evitando assim a possibilidade de vômitos indesejáveis e que poderão comprometer a cirurgia, além de trazer mal-estar ao paciente.

Saiba mais

Não é só o pós-operatório que necessita de atenção do paciente. Confira também algumas recomendações de preparação para a cirurgia bariátrica.