Grampeadores em cirurgia bariátrica

Esse é um dos assuntos que gera muitos questionamentos nas consultas do pré-operatório da cirurgia bariátrica. Como funcionam estes equipamentos?

A cirurgia bariátrica utiliza grampeadores cirúrgicos para a sua realização desde o fim da década de 1970, ainda nas cirurgias abertas. A partir de 1994, iniciou-se o uso desse instrumento em cirurgias videolaparoscópicas (técnica minimamente invasiva). Se realizarmos uma simples pesquisa na internet, ficamos atordoados com informações distorcidas e erradas sobre técnica cirúrgica e uso de grampeadores na cirurgia da obesidade. Então resolvemos oferecer algumas informações embasadas tecnicamente.


Os grampeadores são equipamentos que, além de grampear, cortam o órgão que está sendo operado. Ao longo do tempo, esse equipamento cirúrgico evoluiu com as pesquisas médicas, tornando a cirurgia cada vez mais segura, pois foram aperfeiçoadas com o seu uso. Antigamente eram totalmente mecânicos, hoje existem modelos em que o acionamento é realizado mecanicamente, mas que a aplicação dos grampos e o corte dos tecidos são automáticos.


Isso melhora a compressão do tecido e permite que os grampos sejam fixados de maneira a evitar sangramentos e extravasamento de líquidos, prevenindo complicações no pós-cirúrgico. Os grampeadores são utilizados para as técnicas de cirurgia bariátrica do Bypass e da Gastrectomia Vertical, as mais realizadas no mundo.